Bárbara Guimarães andou a fornicar Futre

baba e futre

Bárbara Guimarães contou em tribunal os episódios de violência que alegadamente sofreu do ex-marido.”As agressões começaram em 2012 quando estava a fazer o Toca a Mexer [formato da SIC]. Tivemos uma discussão por causa do Paulo Futre, que era jurado do programa. [Carrilho] Agarrou-me num dos braços e deu-me um pontapé. Acusou-me de andar a fornicar com ele e disse-me ‘é esse tipo de homens que tu gostas, gente burra, mentecapta'”, começou por contar Bárbara Guimarães, na primeira audiência do julgamento de Manuel Maria Carrilho por violência doméstica, esta sexta-feira à tarde no Campus da Justiça, em Lisboa.

Veja os vídeos

Comentar

Comentários