Bordel procura colaborador para testar a qualidade dos seus serviços

bordel

Um bordel em Berlim, na Alemanha, procura homens e mulheres que testem os seus serviços s3xuais para avaliar a sua qualidade, limpeza e segurança, escreve o The Mirror.

Mas se pensa que o cargo está acessível a qualquer um engane-se. É preciso um currículo cheio para ser aceite. A empresa, que emprega mais de 120 pessoas na Alemanha, China e Espanha, procura trabalhadores com licenciatura, de preferência em gestão, experiência em bordéis e uma declaração médica a atestar que é saudável.

Deve ainda ser multilingue, sendo o francês factor preferencial.

Comentar

Comentários