BRONCA: Rui Pêgo foi drogado sem saber!

rui-pego

Rui Maria Pêgo, filho de Júlia Pinheiro e de Rui Pêgo, esteve alguns meses nos Estados Unidos da América a fazer um workshop de teatro Musical, em Nova Iorque. Aproveitando que estava na terra de todas as oportunidades, Rui Maria e a sua amiga, Maria Botelho Moniz, fizeram uma viagem pelo país, pela Route 66, Tennessee, Memphis, Oklahoma, Texas, New Mexico e, também, por Los Angeles.

Foi nesta cidade do estado da Califórnia que Rui Maria Pêgo foi drogado. O apresentador relata a Rui Unas como foi a experiência que diz ter sido o pior momento em terras do Tio Sam. Rui Maria teve um encontro com um americano, um “comedy writer”, com quem foi beber um copo. “De repente bebo um gin, bebo dois – e eu pareço pequeno mas tenho alguma tolerância porque tenho muitos anos a beber às escondidas para lidar com os meus próprios demónios”, começa por dizer em tom de brincadeira.

Rui Maria conta que foi ao quarto de banho, voltou, “e quando pego no terceiro [gin] – que tinha deixado sozinho – começo a sentir-me um bocado estranho”. Acompanhado também da amiga Maria Botelho Moniz, Rui repara: “levanto-me da mesa e não consigo falar”. O apresentador conta que parecia que estava embriagado, porém, não era esse o caso. Maria Botelho Moniz ficou muito aflita com o que lhes podia acontecer, uma vez que em Los Angeles não é permitido, por lei, estar embriagado na rua.

“Eu não parava de vomitar, em projétil, durante cinco horas. Ele a rir-se. Não conseguia falar. Levaram-me para o carro, eu tive quatro apagões no carro durante a viagem e demorei dois dias para recuperar disto. Portanto, alguma coisa me aconteceu. Falei com outras pessoas que já tinham ido a LA e coisas do género aconteceram.”

Comentar

Comentários