Mercedes renova um “monstro”

Mercedes Classe G

O Mercedes Classe G foi alvo de uma atualização com o objetivo de dar um novo fôlego ao modelo mais duro e “monstruoso” que a marca tem e que existe desde 1979.

A alteração mais óbvia é a troca de motor no G500, que passa a contar com o mesmo motor do desportivo AMG GT, ou seja, um V8 4.0 biturbo com 422 cv e 610 Nm de binário. O G500 possibilita cumprir uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em escassos 5,9 segundos.

Também o G350d viu a potência aumentar, dos 211 para 245 cv, assim como do binário de 540 para 600 Nm. Acelera agora dos 0 aos 100 km/h para 8,9 segundos.  O aumento da potência não passou ao lado das versões AMG. O G63 AMG ganhou mais 27 cv, passando a debitar 571 cv e 760 Nm. O G65 AMG tem agora 630 (em vez de 612) cv e 1000 Nm de binário.

Por fora, o Classe G tem os para-choques redesenhados e arcos das rodas AMG de série na cor da carroçaria. O G350d conta também de série com jantes de 18 polegadas de cinco raios.  O renovado Classe G estará disponível para encomenda a partir do verão.

Comentar

Comentários