Padre organizava orgias na paróquia

padua

Um padre italiano de 48 anos está a ser investigado por alegadamente organizar orgias na sua paróquia e de ser o proxeneta de pelo menos 15 mulheres.

Depois da queixa de três paroquianas, as autoridades italianas apreenderam um conjunto de brinquedos sexuais e de vídeos de orgias no presbitério da igreja de São Lázaro, em Pádua. Segundo os jornais locais, citados pelo The Independent, tais orgias foram alegadamente organizadas pelo pároco, o padre Andrea Contin, que está a ser suspeito por violência psicológica e por ter tirado rendimentos de proxenetismo.

Segundo o The Times, Andre Contin foi acusado de vender as suas amantes a outros homens, em sites de swing. O padre levava as suas paroquianas para residências naturistas em Cap d’Agde no sul de França.

Comentar

Comentários