“Preferia morrer a jogar no PSG. Nem que me pagassem dez vez mais eu assinava”

psg

Andre-Pierre Gignac não descarta um eventual regresso ao futebol francês, mas nunca para jogar no Paris Saint-Germain.

«Odeio o PSG! Preferia morrer a jogar nessa equipa. Nem que me pagassem dez vez mais eu assinava», disse à revista Life and Style.

O avançado, de 31 anos, que alinhou no Marselha antes de rumar ao México, em 2015, para representar o Tigres, revelou ainda que vibrou quando o Paris Saint-Germain ‘caiu’ no Camp Nou, após reviravolta do Barcelona que ficou para a história da Liga dos Campeões:

– Nem fazem ideia o quanto gritei com os seis golos do Barcelona na Champions. Gritei, corri… a minha mulher ficou até um pouco assustada.

Comentar

Comentários