Ronaldo: anal na base de acusação de violação

ronaldo2

O caso remonta a 2009 em Las Vegas. Segundo a revista alemã ‘Der Spiegel’, Cristiano Ronaldo é acusado de alegada violação. Depois de uma noite de loucura, Susan K teria recusado fazer sexo anal com o craque. CR7 nega todas as acusações

A revista alemã ‘Der Spiegel’ trouxe de volta à vida de Cristiano Ronaldo um fantasma que o internacional português gostaria de ver enterrado há muito. O caso remonta a 2009 durante as férias do craque em Las Vegas. Segundo documentos apresentados pela publicação alemã, a norte-americana Susan K acusou CR7 de violação.
A ‘Der Spiegel’ garante que o futebolista terá trocado mensagens escritas com o seu advogado, Carlos Osório de Castro, a exigir para baixar o valor do acordo com a alegada vítima.

“Tem de ser mais baixo”, terá escrito Ronaldo. A mulher terá pedido 950 mil dólares e Ronaldo terá acabado por pagar 375 mil dólares. A revista germânica apresenta documentos obtidos na plataforma ‘Football Leaks’, revelando que a jovem chamou a polícia e foi levada para centro médico universitário de Las Vegas, aparentando sofrer alguns ferimentos.

Foi na área VIP de uma discoteca de Las Vegas que Cristiano Terá conhecido Susan K. O dois terão terminado a noite na suite de Cristiano no Palms PlaceHotel onde terá acontecido a alegada violação.
Segundo a ‘Der Spiegel’, Susan K escreve uma carta um ano após os acontecimentos com a descrição do que se passou na “noite louca”. Seduziram-se, trocaram números de telefone, beijaram-se e Susana K entrou na suite de Ronaldo. Mas, quando ele queria mais, ela terá dito que não. Susana terá sido forçada a ter sexo anal.

K. terá feito a denúncia à polícia e foi observada no Centro Médico da Universidade onde é submetida a um exame específico para vítimas de violação. Susan não terá revelado o nome de Cristiano, apenas diz que é “uma celebridade bem conhecida”. Segundo documentos na posse da Spiegel, os exames revelam inchaço e “uma laceração” na região anal. É tratada e enviada para um centro de aconselhamento para vítim ade violação.
Ronaldo sempre negou estas acusações.

Comentar

Comentários