Sá Leão grava sexo entre casais amadores no Porto

sa leao

Após o sucesso da série pornográfica “Ministério do Sexo”, no canal Hotgold, o realizador de filmes para adultos Sá Leão vai visitar o Eros Porto com os seus “secretários de Estado”, com o intuito de realizar as fantasias sexuais dos portugueses, acabar com as reclamações de homens e mulheres e até filmar o último episódio da série com casais amadores no Salão Erótico da Invicta.

A visita decorre durante todo o evento, de 9 a 12 de março. “A deslocação insere-se numa estratégia de descentralização da governação. Queremos ouvir mais pessoas e por isso vamos gravar o último episódio desta primeira temporada durante o evento. Estamos abertos a receber todos os que têm reclamações sexuais a fazer e não vamos cobrar ISA [Imposto Sexual Acrescentado, de 69 euros…]”, afirma Sá Leão, o “Ministro do Sexo”. Sá Leão defende ainda que deveria ser introduzido no Governo português o “Ministério do Sexo”. “A melhor maneira de Portugal sair da crise é pagar a ISA, o único imposto que todos os portugueses querem mesmo pagar. Somos seres sexuais e este é um imposto de serviço público. Por isso, estou certo de que posso ajudar o nosso Governo a instituir um Ministério do Sexo e a torna-lo obrigatório pela Constituição”, garante o realizador, que no entanto diz ainda não ter recebido contactos do Governo, Presidência ou Assembleia da República. A série “Ministério do Sexo” foi um sucesso de audiências, tendo sido vista por mais de um milhão de pessoas.

O programa terá uma segunda temporada em breve. O Eros Porto vai apresentar as mais recentes novidades e tendências, nacionais e internacionais, nas áreas do erotismo e do sexo. Para além de espectáculos de sexo ao vivo, exposições e várias atividades de swing, BDSM (bondage e sado-masoquismo) e Porno Educativo, o certame vai ainda contar com camas para casais e gloryholes. Vão ainda estar presentes várias estrelas pornográficas portuguesas e internacionais.

1

Comentar

Comentários