Sporting tira André Geraldes e Ryan Gauld ao Setúbal e Edinho rasga Bruno Carvalho

sporting

A polémica do encontro de quarta-feira entre V. Setúbal e Sporting parece ter causado danos colaterais a André Geraldes e Ryan Gauld. Os dois jogadores estavam emprestados pelos leões aos sadinos e receberam agora ordens para regressar a Alvalade, onde irão treinar e jogar pela equipa B até final da temporada. Record sabe que o regresso é imediato.

A revelação foi feita por Edinho, avançado do Vitória que marcou o penálti que eliminou os leões da Taça CTT, num comentário no Facebook. “Com tudo isto, quem pagou a fatura foi o Ryan Gauld e o Geraldes, que tiveram de regressar hoje a Alvalade e já não fazem parte do plantel do Vitória. Foram para a equipa B. Isso demonstra o nível de direção que há naquela instituição que não merece quem está a comandar”, pode ler-se.

 Geraldes e Gauld foram emprestados no início da temporada e não atuaram na partida da Taça da Liga, pois os regulamentos da prova impedem-nos de defrontar o emblema com o qual têm contrato. Nem Sporting nem Vitória confirmam oficialmente o regresso dos jogadores a Alvalade, mas a verdade é que nenhum dos dois esteve no treino desta quinta-feira em Setúbal.

O comentário de Edinho surge num post onde o avançado internacional português reafirma ter sofrido “uma pancada e um empurrão nas costas”. “Penálti claríssimo”, garante, mostrando ainda uma foto de outro lance que envolve Coates e um futebolista do V. Setúbal na área do Sporting. “No entanto não vejo eles comentarem sobre este penálti que também existe”, afirma.

Comentar

Comentários